segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

O meu silêncio



Invadindo o silêncio de mim mesma

escuto o som

do infinito de meus sentimentos

e me perco na sutileza de cada afeto

que recebo ou distribuo...

Encontro sorrisos

que se eternizaram

nos olhos da minha alma

e lágrimas que lavaram

os dissabores do caminho...

Busco formas e cores

e encontro pessoas que

criaram raízes em mim

porque foram plantadas

no meu EU mais profundo...

Vejo luzes:

o brilho de um luar de prata,

e de estrelas incontáveis

e um raio de sol que ilumina

cada amanhecer da minha vida.

Poema de Rosângela Colares

...


5 comentários:

  1. Parabéns pelo blog.
    Estou seguindo, espero sua retribuição!
    http://umpoucosobreisso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Seguiindo me segue tambéem? http://scarlatshow.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá!! Tem um Selinho de presente para vc no meu Site! Vá buscálo!!!Bjo!

    http://www.brilhosgifs.com/2010/12/repassando-o-selinho-que-ganhei.html

    ResponderExcluir
  4. Olá! Achei seu blog mto meigo. Adorei o poema tbm. Estou começando agora o meu. Fiz um comentário de um livro e como eu sei que vc gosta de ler, passa lá e deixa um comentário. Um abraço.

    ResponderExcluir